Opinião

Boas notícias para 2018

felicidade
Written by A Carteira

Os primeiros dias do ano são sempre recheados de novidades para os cidadãos. Como habitualmente, há novidades que nos agradam mais do que outras. Optemos por falar daquelas que são mais benéficas. Houve um aumento do Salário Mínimo Nacional, que passa dos 557€ para os 580€, com efeitos a partir de janeiro. É evidente que todos gostaríamos que fosse mais, mas não podemos deixar de considerar positivo haver um aumento.

Subida das pensões e fim dos duodécimos

Além da subida do SMN, verifica-se também um aumento das pensões, em especial para quem recebe até os 857,80€. Contudo, este aumento pode não ser imediato. A razão para não se verificar logo o aumento do valor da pensão é devido ao facto de no início de 2018, também ocorrer o fim dos duodécimos. Ou seja, os valores dos subsídios deixam de ser pagos 1/12 ao longo de todos os meses do ano.

Na prática, quando fizermos as contas no final do ano o aumento é real, mas sem os subsídios distribuídos ao longo dos 12 meses do ano, pode acontecer que receba menos em janeiro do que estava a receber em dezembro do ano passado. No entanto, acontece aqui uma poupança forçada que será recuperada por inteiro com o pagamento dos subsídios.

Fim dos cortes nos subsídios de desemprego

Ao nível do subsídio de desemprego também há boas novidades. Para quem está nesta situação há mais de 7 meses, vai deixar de ser penalizado em 10% como ocorria até então. Assim como é positivo o facto de a partir deste ano, os casais em que ambos estejam em situação de desemprego poderão passar a beneficiar de um aumento de 10% do valor do subsídio.

O facto de estar a evidenciar estes exemplos é para lembrar que o esforço compensa. Se hoje podemos escrever boas notícias é porque foi necessário fazer um exercício de correção de descalabro de finanças públicas. Todos sofremos com as medidas de austeridade e ninguém no seu perfeito juízo pode dizer que as deseja. Mas também ninguém pode ignorar que sem elas não estaríamos hoje a falar neste tom positivo. Se um país que esteve à beira da falência consegue, passados 7 anos, voltar a dar boas notícias é porque cada um soube fazer a sua parte.

Sobre o autor

A Carteira

A Carteira é constituída por uma equipa de profissionais com muita experiência no setor financeiro. A nossa missão é ajudar as famílias a ter uma melhor relação com o dinheiro. Acreditamos que é possível poupar dinheiro, investir tempo e dinheiro na melhoria das nossas condições de vida. E estamos cá para ajudar com os conteúdos para que possa tomar as melhores decisões financeiras.

Deixe o seu comentário:

SIMULE JÁ O SEU CRÉDITO COM A NOSSA AJUDA!