Empreendedorismo

Plano de negócios – 7 elementos essenciais

Written by A Carteira

Quer montar um negócio e não sabe por onde começar? Quer financiar o seu projeto e não sabe como fazer o seu plano de negócios? Neste artigo falamos-lhe de 7 elementos essenciais para estruturar o seu plano de negócios.

Sumário Executivo

O sumário costuma ser feito no final mas é o primeiro elemento que os seus investidores irão analisar. Deverá fazer um breve resumo da sua empresa, do seu negócio, do mercado onde irá atuar, dos fatores diferenciadores e da sua estratégia.

Para captar o interesse de pessoas muito ocupadas temos de ter a capacidade de síntese e simplificar as ideias na cabeça. Quanto mais convictos estivermos e quanto mais estruturado estiver o plano de negócio mais fácil será explicar e convencer outras pessoas do mérito do seu projeto.

Descrição da empresa, missão, objetivos e estratégia

Entramos agora nos detalhes. Deverá fazer a descrição da empresa, da sua missão e dos seus objetivos. Quer constituir uma empresa para fazer o que ao certo? Quais os problemas que detetou e como vai resolver os problemas aos seus clientes? Nunca se esqueça que os produtos ou serviços existem para solucionar problemas ou carências dos clientes. É importante que os identifique.

Análise do mercado, dos clientes e da concorrência

A sua empresa vai atuar num mercado específico. É fundamental que conheça esse mercado, a sua dimensão, o número de clientes potenciais, quem concorre e com que propostas de valor, entre outros. Um produto pode ser muito rentável mas se tiver muita concorrência poderá ter dificuldade em conquistar o seu espaço. Outros mercados podem parecer pouco atrativos (como vários mercados de nicho) mas a ausência de concorrência pode criar uma boa oportunidade de negócio.

Quem são as pessoas?

Cada vez mais valorizamos as pessoas que se envolvem nos projetos de investimento. Fazer negócios é interagir com pessoas. Neste ponto é importante que faça uma descrição de quem são os gestores que envolve no projeto. Qual a sua experiência? Quais as suas vantagens? Porque escolheu aqueles administradores e não outros?

Descrição do produto ou serviço

O passo seguinte é mostrar que produto ou serviço se propõe comercializar. Quais os fatores diferenciadores? Quais as suas potencialidades e para que serve? Estas e outras perguntas devem ser respondidas para convencer os investidores dos méritos do seu projeto. Em última análise, tudo o resto pode ser bom mas se o seu produto não o for… ninguém vai pagar nada por ele!

Projeções Financeiras

Um negócio serve para satisfazer uma necessidade mas isso só tem valor empresarial se der dinheiro. Quem monta um negócio quer ganhar dinheiro e quem investe quer ser compensado pelo risco. Se não concorda talvez não deva avançar para este projeto e dedicar-se a outras coisas. Assim, é imprescindível que tenha um conjunto de projeções financeiras que sejam credíveis. Qual o investimento necessário? Quanto vai faturar? Quais serão os custos? Quais as necessidades de tesouraria (tenha em atenção que uma coisa é faturar outra é receber dos clientes)? Qual será o crescimento expectável para os próximos anos?

O seu salário…

Uma última ideia. Os investidores não gostam muito dos projetos que parecem ser criados para pagar o salário aos seus promotores. Já vimos vários negócios que não avançaram porque uma parte importante do custo de desenvolvimento é o salário dos promotores. Se quer montar um negócio é natural que queira ter um vencimento, porque todos temos de pagar as nossas despesas. No entanto, pense sempre que estará a pedir ao seu investidor que assuma todo o risco. Será natural que este lhe peça que durante algum tempo não tenha um salário, pois isso dará a mensagem que estará ainda mais comprometido com o projeto.

Os planos de negócios são muitas vezes feitos para convencer os investidores de que uma ideia foi bem pensada e está bem estruturada. São voltados para o futuro e o futuro é por natureza incerto. Assim, não dê demasiada importância ao plano de negócio. Se tiver uma boa ideia, bem estruturada e uma estratégia bem definida irá ter meio caminho percorrido para o seu sucesso. Por vezes o investimento é sobrevalorizado (as vezes parece que andamos todos a brincar ao faz de conta e às empresas quando o que importa mesmo é satisfazer necessidades e ganhar dinheiro).

Sobre o autor

A Carteira

A Carteira é constituída por uma equipa de profissionais com muita experiência no setor financeiro. A nossa missão é ajudar as famílias a ter uma melhor relação com o dinheiro. Acreditamos que é possível poupar dinheiro, investir tempo e dinheiro na melhoria das nossas condições de vida. E estamos cá para ajudar com os conteúdos para que possa tomar as melhores decisões financeiras.

Deixe o seu comentário:



<%-- negocios e empreendedorismo --%> Blogs do Ano - Nomeado Negócios e Empreendedorismo