Poupança

5 Estratégias práticas para gerir o dinheiro no dia-a-dia

gerir
Written by A Carteira

Gerir dinheiro não é uma ciência, mas envolve um conjunto de regras e hábitos diários. Neste artigo deixamos-lhe algumas ideias para que consiga gerir (ainda) melhor o seu dinheiro no dia-a-dia.

Defina limites semanais

Para quem não tem grande paciência nem tempo para fazer um orçamento familiar é fundamental definir limites de despesa semanais. Limites que sabemos não poder ultrapassar ou que se optarmos por ultrapassar teremos de ter uma justificação rigorosa. Não ceda nos limites pois eles existem para o ajudar a atingir os seus objetivos.

Peça o talão no multibanco

É natural que com tantas saídas de dinheiro da sua conta bancária que acabe por perder o controlo do dinheiro. Não temos de saber quanto temos na conta ao cêntimo, mas temos de estar atentos para eventuais movimentações “suspeitas”. Logo, se tiver o hábito de consultar sempre o seu saldo quando vai ao multibanco, acaba por ganhar noção dos seus hábitos de consumo ao mesmo tempo que fica atento a eventuais débitos diretos que tem de cortar.

Organize as suas contas bancárias

É possível que tenha mais do que uma conta bancária. Se sim, saiba que está a pagar comissões desnecessárias e que deve cortar, seja fechando uma das contas, seja mudando para um banco que não lhe cobra comissões bancárias. Pode fazer sentido consultar as nossas dicas para escolher a melhor conta bancária. Dito isto, é importante que se questione dos motivos pelos quais precisa de determinada conta bem como da utilização que fará de cada conta (por exemplo, pode ter uma conta para poupanças e outra para o dia-a-dia).

O dinheiro na carteira…

Ter dinheiro na carteira pode ser uma tentação para o consumo, na medida em que mais facilmente podemos ceder a compras por impulso. Se temos o dinheiro, podemos gastar. No entanto, ter dinheiro pode aumentar a dor do pagamento o que o obrigará a ter maior critério no momento de comprar.

Deixe o cartão de crédito em casa

Como no ponto anterior, se andar com o cartão de crédito na carteira tem sempre mais facilidade de consumir. Os cartões de crédito são ferramentas financeiras muito melhores do que os cartões de débito, mas deixam a porta aberta para o endividamento com taxas demasiado elevadas (trazendo depois a necessidade de renegociação de crédito ou mesmo de consolidação dos seus créditos). Assim, se deixar o cartão em casa sabe que tem de pensar duas ou três vezes antes de fazer a compra, pois tem de ir a casa antes da compra (o que lhe dá tempo para refletir).

Sobre o autor

A Carteira

A Carteira é constituída por uma equipa de profissionais com muita experiência no setor financeiro. A nossa missão é ajudar as famílias a ter uma melhor relação com o dinheiro. Acreditamos que é possível poupar dinheiro, investir tempo e dinheiro na melhoria das nossas condições de vida. E estamos cá para ajudar com os conteúdos para que possa tomar as melhores decisões financeiras.

Deixe o seu comentário: