Poupança

As 10 melhores formas de poupar em presentes de casamento (e fazer um brilharete)

Presentes baratos
Written by Gisela Marques

Depois da crise, as festas de casamento reassumem um lugar de destaque. Mas não quer dizer que possa gastar dinheiro sem pensar. Com a época de casamentos a fervilhar, pelo menos até Outubro, damos-lhe 10 sugestões sobre as melhores formas de poupar nos presentes de casamento.

As uniões são actos simbólicos de peso. Quando unimos a nossa vida à de alguém, é normal gostarmos de partilhar essa alegria com os que nos são mais próximos, seja em que formato for.

Mas o que é simbólico e vai deixar-nos boas recordações para a vida, não precisa de ser necessariamente dispendioso.

Contudo, o presente pode ser uma dor de cabeça, dado que tem de contar com orçamento também para roupa, deslocações, despedida de solteiro/a, etc.

Atente nestas ideias:

  • O melhor da lista – Se existir lista de casamento, veja-a logo assim que a receber. Os presentes mais em conta são os primeiros a ser reservados. Se deixar para o fim, ficará por certo com os itens mais caros.
  • Seja criativo – Use os seus dotes pessoais e poupe com isso. Já pensou nas suas habilidades pessoais e até profissionais? Tem jeito para design, para vídeo e fotografia, para pôr música, para costurar, para arranjar cabelos ou até para cantar? Ofereça-se com antecedência para fazer esses serviços aos noivos (caso o faça com profissionalismo suficiente!).
  • Faça você mesmo – Fabrique o seu próprio presente. Receber um presente personalizado e significativo – que pode ter a ver com o seu jeito pessoal para alguma arte e com a história dos noivos – perdurará na memória e no coração dos seus amigos. A peça mais cara do melhor serviço da lista de casamento, ninguém sabe quem ofereceu passados poucos anos. Tem ainda hipótese de pedir a alguém que o faça, com ideias suas, a um preço mais económico que a maioria dos presentes clássicos. Já pensou num vídeo/animação com a história do casal, um álbum de fotografias especial ou até uma história escrita e animada com as suas ideias? Com a ajuda de amigos e família dos noivos não será difícil reunir algum material, se precisar.
  • Ofereça ou planeie experiências – Oferecer, organizar e proporcionar experiências é comprovadamente mais marcante do que oferecer bens materiais. A geração millennial já sente bem isso. Há várias empresas que têm pacotes de experiências, desde um jantar com características especiais, uma escapadinha de fim-de-semana, uma massagem para dois ou até bilhetes para um espectáculo. Pode optar por ser você a organizar o fim-de-semana, marcando uma ou duas noites num simples hostel ou alojamento tipo Airbnb, e um guia detalhado, feito por si, dos locais de interesse a visitar, etc. Pode ainda encher a dispensa e frigorífico dos noivos, como surpresa. Outra ideia é a de preparar uma surpresa em casa deles, cheia de balões e estendais de fotografias, obrigando-os a retirar objectos do chão para entrar nas divisões e alcançar as fotos. Ou até organizar um jogo de pista, uma espécie de peddy papper para encontrarem o presente no bairro onde moram, por exemplo.
  • Presentes universais – Há coisas específicas que podem não estar na lista, mas a que a maioria das pessoas dá uso. Falamos de máquinas de café, pequenos aparelhos de cozinha ou malas de viagem, por exemplo. Se sabe que vai ter um casamento, aproveite os saldos e adquira um destes presentes universais com bons descontos.
  • Presentes colectivos – Junte-se com outros amigos ou familiares dos noivos. Os presentes no colectivo saem mais baratos e podem ser uma boa alternativa a listas com presentes dispendiosos. Se conseguir juntar um número simpático de pessoas, o presente poderá ser melhor, claro está, e até mais personalizado, uma vez que conhecem o gosto dos noivos e podem escolher algo ao estilo deles.
  • Ajuda é bem-vinda – E se for madrinha ou padrinho, ainda mais. Pergunte aos noivos o que precisam. Toda a ajuda é necessária e é um dos maiores presentes que pode oferecer (independentemente de oferecer depois uma lembrança à parte). Até pode responsabilizar-se por, por exemplo, tratar e oferecer as lembranças para os convidados do casamento. Ou tratar do bolo, da informação logística a passar aos convidados, fazer de motorista, etc.
  • Solidariedade – Faça um donativo solidário em nome dos noivos para causas que lhes sejam caras. Seja para uma ONG, para uma instituição cultural, para um hospital ou algo que apoiem e a que estejam ligados. Este tipo de acção é cada vez mais valorizada pelas pessoas que compreendem a importância de contribuírem para a sua comunidade.
  • Assinaturas e Cartões Cultura – Se os seus amigos são fãs de séries e cinema em geral, música, livros ou espectáculos uma boa ideia é oferecer-lhes uma subscrição tipo Netflix por alguns meses, ou mesmo um cartão presente de cadeias tipo Fnac ou Bertrand. Há alguns teatros e salas de espectáculo com boas programações e assinaturas de temporada e também festivais que lhe permitem comprar bilhetes com bastante antecedência.
  • Viagens low cost – Se procurar bastante tempo antes, pode conseguir voos bastante económicos. E também bilhetes de comboio (mesmo para destinos como Madrid). Mesmo que se junte a alguém para oferecer a viagem, será um belo presente.

Se é amigo, madrinha ou padrinho, saiba que para quem se casa o que mais importa é a sua presença e o seu cuidado, e não o valor pecuniário que pôde investir no presente. Ser presente e estar presente é uma máxima que se aplica a tudo na vida.

 

 

Sobre o autor

Gisela Marques

Gisela Marques é formada em comunicação social. Trabalhou sobretudo na imprensa escrita na área cultural, tendo passado pelos universos da edição e do audiovisual. Faz crítica especializada para a imprensa e escreve na Carteira sobre temáticas diversas, da Cultura às Finanças Pessoais.

Deixe o seu comentário:

NOS


<%-- negocios e empreendedorismo --%> Blogs do Ano - Nomeado Negócios e Empreendedorismo