Poupança

Resoluções de ano novo para grandes poupanças

conta bancária
Written by A Carteira

O final do ano é uma ótima altura para fazer resoluções de mudança. Tipicamente fazemos promessas várias como emagrecer, poupar, ganhar mais dinheiro, ir ao ginásio… algumas resoluções são bem-sucedidas mas outras, talvez a maioria, ficam na gaveta ao final de uns meses. Neste artigo deixamos-lhe algumas resoluções que poderá fazer para ter grandes níveis de poupança.

Tudo começa nas suas prioridades

Qualquer plano de mudança começa na definição de prioridades. As nossas prioridades são espelhadas no nosso comportamento e nas nossas despesas. Assim, antes de se por a fazer novas resoluções, deve saber o que é prioritário e o que é acessório. Cada família tem as suas prioridades, que também mudam ao longo da vida. No entanto, temos de as conhecer para podermos perceber o que queremos mudar este ano. É simples. Junte-se com o seu marido ou mulher e percebam o que querem fazer este ano. Simples?

Pondere as mudanças

Ano novo vida nova? Treta. O ano muda e normalmente fica tudo na mesma. Talvez seja melhor pensar em ano novo, luta nova. Estamos sempre a lutar. A cair e a voltar a levantar. O problema é que quando pensamos em grandes mudanças muitas vezes não refletimos com a devida clareza. Tenha em mente que as mudanças devem ser muito ponderadas para que consigamos traçar o caminho de modo a sermos consequentes e consistentes.

Crie o seu fundo de emergência

Talvez a grande resolução para este ano passe por assumir uma postura de maior prudência na sua vida financeira. Temos de contrariar o nosso fado de nos endividarmos sempre que existe alguma emergência ou imprevisto. Temos esse fado simplesmente porque não acautelamos o a poupança, talvez porque acreditemos que os imprevistos só acontecem aos outros?

Reveja os seus contratos

Existem diversas fontes de corte de custos que muitas vezes são desconsideradas. Falamos de contratos de eletricidade, gás, telecomunicações ou créditos e seguros. O não é sempre garantido pelo que se em vários destes contratos conseguirmos ter um sim, iremos poupar bastante dinheiro. Já agora, porque não escolher um banco que não lhe cobra comissões na sua conta à ordem?

Aplique as poupanças

É fundamental que tenhamos em mente a necessidade de aplicar parte do valor poupado. A tentação é sempre gastar mais dinheiro porque temos sempre falta de alguma coisa (e se não temos, passamos a ter). Defina uma regra de que irá poupar sempre uma parte do dinheiro numa aplicação financeira (veja, por exemplo, as campanhas de depósitos a prazo).

Estas e outras resoluções de ano novo permitem-lhe poupar muito dinheiro mas nada substitui o seu esforço. Para poupar temos de mudar alguns hábitos de vida e ser consequentes. Pois, caso contrário vamos manter-nos no mesmo caminho e não há memória de resultados diferentes com o mesmo caminho. Ou há?

Sobre o autor

A Carteira

A Carteira é constituída por uma equipa de profissionais com muita experiência no setor financeiro. A nossa missão é ajudar as famílias a ter uma melhor relação com o dinheiro. Acreditamos que é possível poupar dinheiro, investir tempo e dinheiro na melhoria das nossas condições de vida. E estamos cá para ajudar com os conteúdos para que possa tomar as melhores decisões financeiras.

Deixe o seu comentário: