Emprego

Quanto custa à sua empresa perder um talento?

talento

Sabia que o custo que a sua empresa tem quando perde um talento, definindo talento como uma pessoa chave para a empresa, está estimado em cerca de 5.000€ por dia? E que a falta de envolvimento dos empregados com a empresa, pode reduzir a eficácia da operação em 70%? (1)


O “Engagement & Retention Analisys Report”, da Harrison Assessments Talent Solutions, é uma ferramenta destinada a medir, em cada colaborador, os fatores que mais pesam na sua intenção de manter o emprego atual e o seu envolvimento com o grupo a que pertence.

Para cada pessoa, o envolvimento com o grupo a que pertence e a sua intenção de se manter nesse grupo, passa pela correspondência entre as expectativas que tem sobre o grupo, e o que o grupo lhe dá. No contexto profissional, essas expectativas podem ser de remuneração, de autoridade, de comunicação, de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, expectativas de reconhecimento e de desenvolvimento, expectativas sociais e pessoais. Mas cada pessoa tem uma interpretação diferente do peso destas diversas expectativas – para uns é mais importante ser correspondido nas suas expectativas de desenvolvimento, e para outros são as expectativas de remuneração que mais pesam.

O E&R Analisys Report, avalia 8 grupos de expectativas, cada um com diversos desdobramentos, e o grau de importância que cada pessoa lhes dá, mapeando assim os fatores a ter em atenção nas políticas e práticas de motivação, envolvimento e retenção de talento.

É também possível, aplicar esta ferramenta a uma equipa alargada, ou até mesmo a todos os colaboradores de uma empresa. O resultado são os valores médios dos pesos atribuídos pelos colaboradores da empresa aos diversos fatores motivacionais, de engagement e de retenção.

O relatório coletivo de Engagement & Retention factors, mapeia quais os fatores que mais frequentemente estão a influenciar a intenção dos colaboradores de permanecerem na empresa, face às suas expectativas coletivas.

Por exemplo, na imagem abaixo, numa dada empresa, podemos ver que, em relação às expectativas de desenvolvimento dos colaboradores, o peso que lhes atribuem é muito elevado (8.7 em 10), e que mais de 40% da população, atribui mesmo o peso máximo (10 em 10) às oportunidades de desenvolvimento que a empresa lhes dá.

Para o gestor/líder, torna-se claro que os seus colaboradores se motivarão muito mais com oportunidades de desenvolvimento do que, por exemplo, com progressão na carreira (Wants Advancement)

(2)

Através desta análise coletiva, disponível como diagnóstico inicial GRATUITO na DPA Consultoria, pode ficar a saber-se onde investir e em que medida, no sentido de segurar o talento da empresa e de o manter motivado e realizado em relação à suas expectativas.

O passo seguinte a esta análise coletiva, é detalhar a informação e passar a grupos mais pequenos – departamentos, outras geografias, níveis hierárquicos distintos, até à análise individual que servirá de instrumento de decisão à hierarquia direta de cada indivíduo, no seu papel de mentor, líder ou gestor – normalmente, a maior parte das expectativas dos colaboradores, recaem exatamente sobre a hierarquia direta, sendo aí, que os fatores de retenção e engagement mais terão de ser endereçados, e portanto, conhecidos.

(1) HCI- Human Capital Institute
(2) Harrison Assessments Talent Solutions

Sobre o autor

Dalila Pinto de Almeida

Dalila Pinto de Almeida exerce a sua actividade no sector da Consultoria Organizacional desde 1992. Anteriormente foi Directora de Recursos Humanos e também exerceu Psicologia Clínica.
Especializou-se nas áreas de Executive Search, Assessments de Competências e do Coaching de Executivos.
Em 2014, criou a DPA Consultoria que, a par das suas áreas de especialidade, tem desenvolvido projectos de mudança em empresas nacionais e multinacionais.
Desde 2015 integra a Faculty da THNK School of Creative Leadership como Leadership Coach.
Mantém o blog Telescópio que pode ser acedido em www.dpaconsultoria.pt
É licenciada em Psicologia pelo ISPA, detém uma Pós Graduação em Gestão de Recursos Humanos pelo ISG e obteve a certificação em Coaching pelo ICC.

Deixe o seu comentário:

NOS


<%-- negocios e empreendedorismo --%> Blogs do Ano - Nomeado Negócios e Empreendedorismo